Já conhece o software de gestão para veterinária que está a revolucionar o mercado?

Acessível 24h por dia, 365 dias por ano, em qualquer parte do mundo

Não requer valor inicial de investimento (aquisição de software e servidor)

Acessível através de qualquer computador ou dispositivos móveis, como smartphones e tablets

As actualizações do software são gratuitas e automáticas

Vários utilizadores em simultâneo e em qualquer parte do mundo

Não necessita de realizar backups periódicos dos dados

Acessível através de qualquer computador ou dispositivos móveis, como smartphones e tablets

Segurança total e encriptação dos dados com o certificado SSL

 

Faq’s

Respondemos às suas questões mesmo antes de nos contactar

Qual a regularidade das reuniões de consultoria presenciais?

A VetBizz Consulting procura encontrar uma solução que melhor responda às necessidades do CAMV e a disponibilidade do director clínico. Os projetos de consultoria anuais têm, por norma, reuniões com periodicidade bimestral ou trimestral, no entanto o plano de visitas é totalmente personalizado às necessidades do CAMV.

De que forma é efetuado o acompanhamento fiscal do meu CAMV?

A VetBizz Consulting dispõe de um Consultor especialista em Finanças e Fiscalidade que audita as contas da empresa, com o intuito do seu CAMV maximizar a eficiência fiscal e obter uma correta gestão financeira do negócio. O Consultor visita o seu CAMV em dois momentos do ano: no final do ano civil (novembro / dezembro) e antes do encerramento das contas (abril/maio).

Qual a diferença entre o VetBizz Manager e Vet Manager?

O VetBizz Manager não é um software de faturação, é um software de Business Intelligence, que se conecta aos principais programas de faturação veterinários e converte os dados em informação de gestão e marketing.

O Vet Manager é um software de faturação e gestão clínica, desenvolvido pela VetBizz Consulting. Para além das funcionalidades inerentes a qualquer software veterinário, tais como a ficha do tutor, ficha do animal, ficha da consulta, agenda, gestão de stocks, entre outros, o Vet Manager disponibiliza módulos de gestão operacional e estratégica inovadores e diferenciadores no mercado.

Como podem ajudar-me a gerir os Recursos Humanos do meu CAMV?

Os Recursos Humanos são o ativo mais importante das empresas e um pilar no diagnóstico estratégico que realizamos no seu CAMV. Apesar de não fazermos a gestão diária dos RH, apoiamos o diretor clínico, realizamos entrevistas individuais sempre que necessário, estudamos o melhor modelo de avaliação de desempenho, ajudamos a definir as condições remuneratórias, agilizando as tomadas de decisão dos diretores clínicos, que por vezes não têm a formação adequada nestas matérias ou mesmo disponibilidade de tempo.

Quais são as fases da consultoria?

Os projetos de consultoria variam entre os 3 e 12 meses (podendo naturalmente ser renovados). Como qualquer projeto de consultoria, há uma fase inicial de diagnóstico estratégico, passando pela apresentação de medidas corretivas e, por último, a fase de execução e acompanhamento.

Glossário

A rendibilidade financeira – quociente entre o resultado líquido e o capital próprio.

Ativo total líquido – valores totais dos bens e direitos líquidos sem contar com amortizações e provisões.

B2B – Business to business, sigla utilizada no comércio para definir transações comerciais entre empresas.

B2C – Business to consumer, sigla que define o comercio entre uma empresa e consumidor.

Benchmark – comparação entre a performance e o desempenho relativo de um produto ou serviço.

Brand equity – valor adicional que se atribui a algum produto ou serviço.

Branding – gestão de atividades da marca, contemplando um conjunto de atividades de investigação, estratégia e design. 

Bundling – tradicionalmente conhecida por pacotes de produtos e serviços.

Burnout – síndrome associada a um estado de grande cansaço físico, mental e emocional.

CAMV – Centro de Atendimento Medico-veterinário

Capital próprio – diferença entre tudo aquilo que a empresa possui e deve a terceiros.

CEM – perceção do cliente, tanto consciente quanto subconsciente, diante de um produto ou serviço após qualquer tipo de interação com a empresa. 

Clientes activos – clientes que visitaram o CAMV pelo menos uma vez nos últimos 12 meses.

Content marketing – criação de conteúdos otimizados sobre a empresa e a sua área de atuação, tendo em atenção os temas e palavras-chave certas para levar mais público-alvo a conhecer a empresa.

Costumer care – quão bem os clientes são atendidos enquanto interagem com a marca/serviço.

CRM – sistema de informação que gere a relação com o cliente visando sua satisfação e fidelização a partir da automatização e organização dos processos, ajudando a reduzir custos e aumentar os lucros do negócio.

Cross selling – oferta aos clientes de produtos e serviços complementares àqueles que consomem ou pretendem consumir.

CTA– Call To Action, “chamada” para ação, comum em sites, emails e anúncios, indicando ao utilizador a ação que deve tomar.

Customer Centricity – forma de negócio que providencia uma experiência do cliente positiva antes e depois da venda a fim de conduzir um aumento na retenção, lealdade e lucros.

Customer experience – interações entre um cliente e a empresa em todo o período que ambos estão em contato. 

Customer journey – percurso do cliente no processo de compra, incluindo os seus “touch points”.

EBITDA – Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização.

Engagement – processo de fidelização de clientes.

Follow up – significa acompanhar ou fazer o acompanhamento de alguma a ação.

Fornecimentos e serviços externos – despesas ocorridas nas empresas em gastos como a eletricidade, água, combustíveis, material de escritório, entre outros.

Gastos – obtenção direta de um produto ou serviço qualquer, utilizados na obtenção de outros bens ou serviços a serem respetivamente fornecidos ou prestados.

Goodwill – a diferença entre o que uma empresa paga para adquirir outra e o valor patrimonial dessa mesma empresa (Capital Próprio).

Grooming – área de estética canina e felina.

KPI’s – Key Performance Indicators, indicadores mensuráveis que server para compreender se os objetivos da empresa estão a ser atingidos ou não.

Lean management – filosofia de gestão empresarial que tem como objetivo principal criar valor para a empresa através da redução de desperdício.

Mapa de exploração – mapa que mostra o resumo da situação da firma com separação por meses e subtotais por Custos, Proveitos e Resultados.

Marketing relacional – prática que consiste em criar relações bem-sucedidas de longo prazo todos os stakeholders de forma a conquistar e manter a sua preferência a longo prazo.

Nicho de mercado – segmentos ou públicos cujas necessidades particulares são pouco exploradas ou inexistentes.

Objetivos estratégicos – objetivos que a empresa deve delinear para conseguir implementar a sua estratégia.

Passivo – saldo das obrigações devidas, contas a pagar.

Planeamento estratégico – conjunto de mecanismos sistematizados que utiliza processos metodológicos para definir metas, realizar ações, mobilizar recursos e tomar decisões, visando à conquista de objetivos e o sucesso da empresa.

Player – grandes empresas que possuem renome no segmento de mercado em que atuam.

Practice manager – profissional com papel multidisciplinar no seio da organização, nas áreas da gestão estratégica, marketing, recursos humanos, gestão de operações e finanças.

Proveitos – aumentos de benefícios económicos, através de influxos ou melhoria de ativos ou redução de passivos que resultem em aumentos do capital próprio.

Rácio de diagnóstico – o peso da faturação dos meios complementares de diagnóstico sobre o total faturado em serviços médico-veterinários

Rácio de vacinação – peso da faturação das vacinas sobre o total de negócio facturado

Rentabilidade – percentual de remuneração do capital investido na empresa.

Resultado líquido (lucro) – resultado que traduz a performance económico-financeira da empresa

SEA – Search Engine Advertising, ramo do marketing digital que consiste na colocação/criação de anúncios online em diferentes plataformas e formatos (texto, imagem ou vídeo).

SEM – Search Engine Marketing, estratégia de marketing vocacionada para aumentar a visibilidade dos sites fundamentalmente através da conjugação de links patrocinados com técnicas de SEO.

SEO – conjunto de técnicas que têm como principal objetivo tornar os sites mais amigáveis para os motores de pesquisa, trabalhando palavras-chave selecionadas no conteúdo do site de forma que este fique com uma melhor posição nos resultados orgânicos.

Share of wallet – parcela de orçamento que o consumidor investe em determinado estabelecimento, para uma categoria de gastos específica. 

Shelf life – ciclo de tempo dos produtos em armazém 

Stakeholders – público estratégico de uma empresa como por exemplo: funcionários, gestores, gerentes, proprietários, fornecedores, concorrentes, clientes.

Up selling – estratégia que consiste em conseguir que os seus clientes aumentem o consumo dos produtos e serviços que já utilizam, consumam produtos ou serviços adicionais ou consumam produtos de maior valor que os habituais. 

Transação média – valor (em €) que cada cliente gasta em média numa visita à clínica

Word-of-mouth – marketing de boca-a-boca, forma de promoção onde clientes satisfeitos dizem a outros potenciais clientes o quanto gostam de uma empresa, produto ou serviço, gerando uma publicidade gratuita e eficiente.