Já conhece o software de gestão para veterinária que está a revolucionar o mercado?

Acessível 24h por dia, 365 dias por ano, em qualquer parte do mundo

Não requer valor inicial de investimento (aquisição de software e servidor)

Acessível através de qualquer computador ou dispositivos móveis, como smartphones e tablets

As actualizações do software são gratuitas e automáticas

Vários utilizadores em simultâneo e em qualquer parte do mundo

Não necessita de realizar backups periódicos dos dados

Acessível através de qualquer computador ou dispositivos móveis, como smartphones e tablets

Segurança total e encriptação dos dados com o certificado SSL

Tudo o que precisa saber sobre o aumento dos Juros do Crédito Habitação

Para quem tem um Crédito Habitação ou planeia comprar casa agora, a situação não está muito favorável. As taxas de juro estão a subir e, consequentemente, as prestações mensais dos créditos também.

De acordo com o último boletim do Instituto Nacional de Estatística (INE), em abril, a taxa de juro implícita dos créditos habitação subiu para os 0,085% (mais 1,1 pontos base em relação a março) e as prestações subiram, em média, 2€ face ao mês anterior e 12€ face ao trimestre anterior.

Porque é que as taxas de juros estão a subir?

Por 2 motivos:

  • Aumento da inflação – Neste momento, isto acontece por causa do aumento do preço dos combustíveis (que afeta a produção e o transporte de bens) e pela escassez de bens e matérias-primas provocada pela guerra na Ucrânia.
  • Subida da taxa de juro diretora do Banco Central Europeu (BCE) – Esta taxa é o preço a que o BCE empresta dinheiro aos bancos comerciais. Quando a mesma sobre, os bancos têm mais dificuldade em conseguir dinheiro e as regras para o emprestar aos clientes apertam, ou seja, as taxas do crédito de habitação aumentam).

A inflação e a taxa de juro diretora podem ter um grande impacto na economia europeia.

Quando a inflação aumenta, o dinheiro perde valor e, consequentemente, o poder de compra das família diminui, assim como a qualidade de vida. Para impedir que isso aconteça, o BCE reduz a quantidade de dinheiro disponível para os bancos, de forma a tentar valorizar a moeda novamente. Mesmo que os preços aumentem, a moeda vale mais, e, por isso, o poder de compra mantém-se.

No entanto, não é possível aumentar demasiado a taxa diretora, pois as empresas precisam ter acesso a dinheiro para manter os rendimentos e salários e as pessoas precisam de dinheiro para movimentar a economia. Além disso, também faz subir juros como o do crédito habitação e as famílias passam a pagar prestações mais altas, diminuindo os seus rendimentos no final do mês.

Qual o impacto da subida dos juros no crédito habitação?

Afeta principalmente as famílias que já contraíram empréstimos com taxa de juro variável. Por causa da subida da taxa diretora, os juros dos empréstimos aumentam e as prestações também.

Por outro lado, a subida da inflação torna as casa mais caras, levando os consumidores a contrair empréstimos mais altos.

Como manter a situação controlada?

Há 2 alternativas:

  • Fixar taxa de juro – Sempre que a Euribor aumenta, para quem tem taxa variável isso significa pagar mensalidades mais altas. Com a taxa fixa, o valor de prestação será sempre o mesmo, visto que é indiferente às oscilações da Euribor. No entanto, só compensa fazer isto se houver realmente a perspetiva de subida acentuada da Euribor a médio prazo (para valores acima da taxa fixa) ou se o que poupar com a taxa fixa no futuro for mais do que o que perde ao pagar uma taxa mais alta a curto prazo.

Além disso, convém levar em conta certos aspetos:

  1. Quanto maior a dívida ao banco, mais alta taxa de juro fixa;
  2. Se mudar para taxa fixa, o banco não permitirá que posteriormente volte a taxa variável;
  3. A taxa de amortização antecipada é muito mais alta do que nos empréstimos com taxa variável.

 

  • Renegociar o spread – Embora o seu banco não vá deixar alterar a margem de lucro contratada, se encontrar outro banco que esteja disposto a negociar um spread mais baixo, poderá transferir o seu crédito.


Ao navegar no nosso site estará a consentir a utilização de cookies para obter uma melhor experiência de utilização. + info

Para saber mais informações sobre a política de cookies deste website clique no seguinte link. https://vetbizz.pt/politica-de-privacidade/

Para aceitar, basta clicar no botão no canto inferior direito do seu ecrã.

Obrigado!

Fechar